Análise Ceplan é um conjunto de indicadores econômicos e sociais dos Estados da Região Nordeste e dos municípios pernambucanos que tem como objetivo a divulgação e análise de indicadores junto ao público interessado e formadores de opinião.

Leia mais

Como anunciado em dezembro de 2009, na apresentação do estudo “Impactos Regionais da Crise: Trajetórias e Perspectivas”, a Ceplan – Consultoria Econômica e Planejamento lançou no dia 27 de Abril de 2010 sua 1ª. ANÁLISE CEPLAN, um conjunto de indicadores econômicos e sociais dos Estados da Região Nordeste e dos municípios pernambucanos. Além de informar, a Ceplan quer se tornar referência local e regional para divulgação e análise de indicadores econômicos e sociais junto ao público interessado e aos formadores de opinião em matéria de economia e desenvolvimento.

Após o lançamento da 1ª. Análise Ceplan, em entrevista à Imprensa, os dados ficarão disponíveis nesta página como indicadores sintéticos que descreverão a situação econômica e social dos entes federativos, estabelecendo comparações intertemporais (entre períodos de tempo) e inter-territoriais (entre Estados e municípios).

A cada três meses, a Ceplan vai divulgar e analisar indicadores sobre crescimento econômico (produto, produção, vendas); pobreza (linha de pobreza), desigualdade (medidas de repartição da renda); mercado de trabalho (emprego formal e informal, desemprego, rendimento do trabalho); educação (analfabetismo, escolaridade; distorção série-idade no ensino fundamental); saúde (mortalidade infantil até um e até cinco anos expectativa de vida); segurança (taxa de homicídios); finanças públicas (arrecadação própria, transferências inter-governamentais, limite dos gastos com pessoal, relação dívida/receita corrente líquida); indicadores de desenvolvimento humano e de qualidade de vida (IDH, Índice Firjan). Outros indicadores serão gradualmente acrescentados.

Todos os indicadores serão selecionados de fontes seguras como IBGE (PME, PNAD, Censos, PIM, PMC, outros indicadores de desempenho setorial, indicadores sociais, contas regionais); Ministério do Trabalho e Emprego-MTE (RAIS, CAGED); Ministério da Fazenda-MF (FINBRA, CONFAZ); DIEESE (PED); Ministério da Educação (INEP); Ministério da Saúde (SUS); Ministério da Justiça, PNUD-Brasil, IPEA, Banco Central).

Na coletiva para a Imprensa toda a equipe da Ceplan ficará à disposição para detalhar cada um dos aspectos dos indicadores.

Voltar para a página anterior